sexta-feira, 6 de julho de 2007

Preview: Rock Band



Quem jogou e curtiu Guitar Hero, lançado inicialmente para PlayStation 2 e agora com versões para Xbox360 e em breve para
PlayStation 3 e Wii, sabe a febre e a revolução que o jogo trouxe dentro do já estagnado grupo dos games musicais. Há apenas dois dias eu falei da relação games-música, e agora eu venho postar à respeito deste incrível jogo, também da Harmonix e anunciado para os todos os principais consoles da nova geração: Rock Band.

A premissa é basicamente a mesma de Guitar Hero, mas aqui o conceito é elevado ao seu patamar. Ao invés de apenas detonar na guitarra sozinho ou com um amigo, você pode juntar quatro pessoas para detonar juntas: um na bateria, outro no baixo, o guitarrista, lógico, e até mesmo o vocalista. Cada um deve fazer seu papel para garantir uma boa performance no palco e alucinar o público ao som dos grandes clássicos do Rock. O primeiro vídeo, ainda uma versão de demonstração do que está por vir, mostra uma galera tocando "Welcome to the Jungle" do Guns N' Roses. O sistema não mudou muita coisa de Guitar Hero original - com as notas descendo na tela e devendo ser executadas no tempo certo - mas agora temos três instrumentos ao mesmo tempo e um microfone. Guitarra do lado esquerdo, bateria no meio e baixo no lado direito. Na parte superior, a letra da música desliza e o jogo verifica se seu tom está próximo do esperado, através de gráficos. Com certeza é um jogo capaz de prender quatro pessoas por horas, lembrando que não há a mínima necessidade de saber tocar qualquer instrumento musical. É o sonho de se tornar um rockstar num piscar de olhos.

Como a conectividade online está virando regra nesta nova geração, será possível ainda gravar a pontuação da sua banda na rede e, quem sabe, mostrar para o mundo que vocês são os melhores (imaginem só, uma batalha das bandas mundial...). Novas músicas poderão ser baixadas e grandes nomes do rock com certeza farão presença entre as opções disponíveis.

Claro, tudo será incrível. Pena que eu provavelmente não vou experimentar nada disso, visto que eu teria de comprar um Xbox360, a bateria, duas guitarrinhas (uma delas funcionará como baixo) e o microfone. Nem a guitarra do Guitar Hero eu tenho. Um dia quem sabe...

Mas que vai ser irado, vai ser irado!



____________________________________


Em tempo: Só pra registrar, num futuro talvez não tão longínquo eu ainda vou comprar minha guitarra (de verdade) e tocarei "Sweet Child O'mine" para uma platéia enlouquecida. Tá, talvez eu deva esquecer a platéia, mas escrevam minhas palavras.

Ainda em tempo: Graças aos céus que os pobres coitados usuários do quase extinto PlayStation 2 como eu ainda poderão usufruir de Guitar Hero Encore: Rock the 80's e Guitar Hero 3. Ainda resta muito fôlego para esta geração que está indo.

3 comentários:

Rodrigo disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Se você quiser linkar meu blog no seu eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. (If you speak English can see the version in English of the Camiseta Personalizada. If he will be possible add my blog in your blogroll I thankful, bye friend).

Rodrigo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marcelo disse...

Pô, além de ser propaganda com fins lucrativos, tinha que colocar o comentário duas vezes? Assim não pode, assim não dá!